terça-feira, 12 de julho de 2011

Da Cor do Pecado...Frutas e Verduras Vermelhas.


Veja porque vale à pena cair de amores por alguns alimentos da cor do pecado...

Frutas e Vegetais vermelhos apresentam antioxidantes como o licopeno e vitamina C, um verdadeiro esquadrão de defesa para o corpo.
Você já deve ter ouvido falar que a melhor alimentação é aquela cheia de cores e sabores. Quanto mais diversificado o cardápio, maiores são as chances de abastecer o organismo com os nutrientes de que necessita. Além de agradar aos olhos e abrir o apetite, um prato colorido reflete a presença abundante dos diferentes tipos de fitoquímicos que a natureza oferece.
Esses princípios ativos que pigmentam a comida, os carotenóides, têm efeito antioxidante e ajudam no combate e na prevenção de várias doenças. As refeições principais devem conter pelo menos quatro cores.

O licopeno é mais eficiente neutralizador de radicais livres de todos os carotenóides e é duas vezes mais eficiente que o betacaroteno (substância que colore os alimentos alaranjados). O poder antioxidante desse pigmento oferece fortíssima proteção contra a oxidação do colesterol, um processo que pode influenciar em doenças como câncer de próstata e arteriosclerose. Os alimentos vermelhos apresentam flavonóides, antioxidantes responsáveis por espantar doenças crônicas como o diabetes, além da hipertensão.

O primeiro é potente para afastar o câncer de próstata, pulmão e estômago, além de proteger a pele da ação dos raios solares.
A vitamina C aumenta a imunidade, livrando de infecções, cuida do transporte do ferro e do metabolismo do ácido fólico (nutrientes importantes para aumentar a resistência do organismo), ajuda no funcionamento de neurotransmissores, evita sensações de fadiga, insônia, exaustão e irritabilidade, e também neutraliza a ação dos radicais livres.

Proteção Extra -  Antocianina é uma substância que aparece nos alimentos vermelhos-arroxeados e age  diretamente nas células intestinais e do fígado, dando mais um reforço no controle das taxas de colesterol e contra cânceres. Pesquisas apontam que a substância combate doenças na retina. Outros compostos químicos, como quercetina, campferol e mirecetina também têm importante papel na redução dos riscos das doenças cardiovasculares, dislipidemias e infecções urinárias (cistites).

Tomate, o rei do Licopeno - Alimento com maior quantidade de licopeno, tamanho potencial antioxidante faz dele um dos mais indicados para proteger o corpo contra diversos tipos de câncer, especialmente de próstata.
O tomate também é antitóxico e laxante, por isso é ótimo para combater infecções, evita instalação de vírus, micróbios e bactérias, e também controla a viscosidade do sangue, efeito importante para afastar males cardiovasculares. Além disso, é fonte de potássio, sódio, fósforo, cálcio, magnésio, ferro, vitamina C, fibras alimentares e betacaroteno.

Melancia contra Impotência Sexual – Doce e refrescante é bastante nutritiva, combate a oxidação celular graças a uma substância chamada glutationa, e conta com boas quantidades de vitaminas (complexo A, B e C) e sais minerais (fósforo, ferro, cálcio).
Excelente diurético possui muita água na sua composição é recomendada para quem tem hipertensão arterial, reumatismo ou gota, e provoca eliminação de ácido úrico.
Um estudo divulgado por cientistas em uma Universidade no Texas, USA, apontou que a melancia tem componentes similares ao de medicamentos para tratar impotência sexual. É rica em citrulina, uma substância capaz de produzir um relaxamento dos vasos sanguíneos que, transformada em um aminoácido chamado arginina, faz maravilhas ao coração, ao sistema circulatório e mantém um bom sistema imunológico.

Morango - O morango é um dos alimentos mais ricos em substâncias antioxidantes. O mais badalado é o ácido elágico, no nosso organismo evita danos celulares diminuindo a ameaça de tumores no aparelho digestivo. Possui um time de nutrientes fundamental para o sistema nervoso e a saúde muscular, integrado por fósforo, magnésio e potássio. Também tem boa concentração de vitamina C. Opte sempre por morangos bem vermelhos, pois são mais nutritivos e já perderam os efeitos dos pesticidas.

Maçã - O consumo da fruta é ótimo para atuar como antídoto contra o colesterol, ela reduz ainda os riscos de doenças pulmonares, cardíacas e diabetes. Composta por 85% de água, o fruto contém 12% de frutose, um tipo de açúcar que não provoca cáries e é absorvido pelo organismo de forma mais lenta que a sacarose (açúcar extraído da cana).
Por isso, pessoas com diabetes podem comer á vontade, a maçã também tem efeito expectorante, diurético, anestésico e antibiótico.
Entre as substâncias fitoquímicas, o ácido málico presente no alimento ajuda a tirar as impurezas do sangue e também estimula as funções do cérebro.

Pimenta - A planta mais picante da natureza pode melhorar a digestão, afastar o colesterol, proteger o corpo de alguns tipos de câncer e até queimar gordurinhas. Pesquisas comprovam que a pimenta diminui a formação de coágulos no sangue e é vasodilatador, o que ajuda na circulação sanguínea.
O alimento tem seis vezes mais vitamina C que a laranja, também é rica em betacaroteno.
A pimenta tem capsaicina, componente que participa com o aparelho digestivo do processo de quebra dos nutrientes, fazendo com que ele trabalhe duro, gaste energia e , desta maneira, consuma mais calorias, reduz a formação de gases e melhora a produção de suco gástrico.

*Corpo imune e mente sã.
Encha o prato com alimentos dessa cor! Eles protegem o corpo contra o câncer,      regulam as taxas de colesterol, retardam o envelhecimento e mandam o estresse para bem longe. JL

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o artigo. Seria interessante escrever também sobre frutas e verduras brancas, amarelas, roxas, verdes...

    ResponderExcluir